• Mapa Turístico
  • Paiol de Marte (loja de turismo), Coroada, 4930 Valença
  • +351 251 823 329

VisitValença.com

Conteúdo

Espaço de refúgio

A cultura e tradições de Valença estão fortemente associadas à presença do Rio Minho e à imponência e riqueza histórico patrimonial da sua fortaleza. Espaço de refúgio e salvaguarda, palco de histórias de amores, conquistas e cumplicidades, a Fortaleza, desde sempre, reflectiu as vivências das gentes de Valença. Motivos não faltam, quer seja um viajante apreciador das maravilhas da natureza, quer seja um admirador da nossa cultura e da história que fez Portugal. Valença é um lugar que vale a pena visitar e que certamente o fará voltar!

Ecopista do Rio Minho

Ecopista do Rio Minho

Percurso de 22 km

A antiga linha ferroviária, hoje uma ecopista que liga Valença a Monção e a Vila Nova de Cerveira, reúne recursos culturais, naturais e paisagísticos que pretendem reforçar, em simultâneo, a oferta turística local e a atividade desportiva e de lazer.

Hoje, a via, considerada a 4ª melhor da europa, com 22Km, percorre toda a margem de Valença do rio Minho de Norte a Sul, um percurso de grande beleza e riqueza natural e paisagística.

No troço Norte de Valença, existe um Centro de Interpretação da Ecopista, que permite conhecer as memórias ferroviárias de Valença e a riqueza da fauna e flora do Rio Minho, resultante da remodelação da antiga Casa da Vigia da Linha. Um percurso que faz, ainda a ligação à Marginal da Senhora da Cabeça, junto ao rio Minho. Na parte Sul, o Observatório de Avifauna da Veiga da Mira, permite observar a riqueza ambiental do biótipo da Veiga da Mira. Consulte aqui o roteiro e regulamento.

Miradouros

Miradouros

Vistas priveligiadas sobre o Vale do Minho

Miradouro do Baluarte do Socorro - Fortaleza - Situado no extremo norte da Fortaleza, o Baluarte do Socorro tem a melhor vista sobre Tui, a Ponte internacional, o Rio Minho e os campos agrícolas, tudo numa perfeita conjugação com o entorno.

Miradouro do Capela Sant'Ana - Monte do Faro - Um dos miradouros mais privilegiados do Alto Minho, com uma vista fabulosa sobre Valença e Tui com a ponte que as une e o rio Minho, até à sua foz, em Caminha. Situa-se junto das capelas de Nossa Sra. do Faro e de Santa Ana e tem como cenário um parque natural com agradáveis espaços de lazer e zonas para piquenique.

Miradouro da Capela de S. Lourenço - Taião - Local de grande valor paisagístico, o Miradouro da Capela de S. Lourenço é o ponto de partida para uma incursão na cultura histórica de Valença, através da qual poderá contemplar os vestígios de alguns Relógios de Sol, em Taião e prosseguindo depois até à freguesia de Cerdal.

Miradouro de Taião – Miradouro priveligiado para a parte Sul do concelho de Valença e Vale do Minho Transfronteiriço.

Trilhos Pedestres

Trilhos Pedestres

Deixe-se seduzir

Percorrer o concelho a pé e descobrir todos os seus encantos, é um verdadeiro desafio que o Município lhe propõe com a sua rede de 12 percursos pedestres.

Com maior ou menor dificuldade, é possível percorrer vales e serras e deslumbrar-se com o magnífico património natural, cultural e histórico.

Dos miradouros e a amplitude das paisagens que se podem vislumbrar em zonas de maior altitude até à vegetação luxuriante da zona ribeirinha, passando pelos testemunhos de séculos de história, deixe-se seduzir por esta proposta.

Capital do Caminho Português a Santiago

Entre o Norte de Portugal e a Galiza Valença é ponto de passagem secular no Caminho Português para Santiago de Compostela e um convite a percorrer a memória histórica / patrimonial.

Hoje, a pé, de bicicleta e a cavalo peregrinos de todo o mundo percorrem os caminhos medievais.

Em Fontoura o Senhor dos Caminhos e o Cruzeiro Setecentista com o cajado e a vieira, em Cerdal a ponte romano/medieval, em Arão o lugar de Albergaria e em Valença a Praça-Forte, a Pedra Jacobeia do Cais e a Ponte Metálica Internacional. Marcas da história e simbologia jacobeia associadas a muitas lendas como a da Rainha Santa Isabel e da Fonte Santa.

Em Valença os peregrinos encontram o Albergue de São Teotónio, um espaço de acolhimento que leva o nome do primeiro santo português.

O Albergue apresenta a capacidade de 85 lugares, com cozinha, lavandaria, sala de estar e acesso a TV e Internet.

Aberto todos os dias, entre as 16h e as 22h, está localizado na Avª José Maria Gonçalves.

Para mais informações contacte o tlf. 966 473 409 ou visite www.albergue-valenca.pt.vu

Espaços museológicos

O município de Valença tem, actualmente, quatro espaços museológicos abertos ao público designadamente, o Museu do Bombeiro, o Núcleo Museológico Municipal, o Núcleo Museológico Ferroviário, nas instalações da Estação de Caminho de Ferro, a colecção Visitável de Pesos e Medidas no Mercado Municipal, bem como na freguesia de Taião, o Núcleo Museológico Rural de Taião. Está, ainda, disponível para consulta a colecção de espólio no Museu Digital de Valença.

O Núcleo Museológico Municipal proporciona reviver algumas das épocas mais significativas da história de Valença, cujo edifício é, ele próprio, um contador de história... foi sofrendo alterações em épocas diferentes, serviu diversos fins. Neste percurso terá oportunidade de visitar a remota pré-histórica local, de conhecer o ambiente medieval e de contactar com a fortificação da urbe, já no século XVII.

O núcleo museológico municipal é, desta forma, um espaço de preservação da memória cultural de Valença. A história local e a sua articulação com os circuitos turístico-culturais, intra e extra muros são dois dos seus objectivos principais.

Pretende-se, coleccionar, preservar, interpretar e expor no sentido de promover a compreensão da história local. Por outro lado, deseja-se aproximar a oferta cultural das populações, através da divulgação sistemática das diversas actividades que se pretendam realizar.

Fortaleza
de Valença

o mais emblemático dos seus ícones – impõe a sua presença no alto de uma colina, assinalando a grandeza de uma das mais antigas povoações portuguesas, cuja imponência será, talvez, a responsável pela primeira impressão que se tem ao chegar.